Brazil_web_V2.jpg

#BRAZIL

006.jpg

Despite Brazil’s electoral process being regarded as one of the fastest and most reliable in the world, the incumbent president Bolsonaro has consistently and unjustifiably attacked the electoral system and its democratic institutions. The dangerous precedent being set with democratically elected officials disavowing the validity of, or even suspending elections has caused great uncertainty about what may transpire on the day of the election and in the days afterward. 

 

The instigation of violence and animosity against opponents and the press on the part of Bolsonaro, and the increase in the circulation of weapons, echoes a real risk of history repeating itself with potentially similar chaotic events as the 2021 invasion of the US Capitol following Trump’s defeat. The fear of potential democratic instability and violence is real. 

 

The situation is urgent. On 11 August 2022, The Sao Paulo University of Law in Brazil, hosted a demonstration that read out aloud a manifesto signed by over 1 million Brazilians calling for the rule of law and against President Jair Bolsonaro's regular attacks on the voting system.

Standing in solidarity with 1 million Brazilians who signed the manifesto, we at Action for Democracy call on the international community to support Brazilian democracy by reaffirming its trust in electoral institutions. 

 

Click here to see all the data, scores and information on aspects relating to freedom in Brazil.

_

Apesar do processo eleitoral brasileiro ser considerado como um dos mais rápidos e confiáveis do mundo, o atual presidente Jair Bolsonaro tem atacado de forma persistente e injustificável o sistema eleitoral e suas instituições democráticas. Esse perigoso precedente que está sendo estabelecido com oficiais democraticamente eleitos que negam a validade ou mesmo suspendem as eleições, tem causado grande incerteza sobre o que pode ocorrer no dia da eleição e nos dias seguintes. 


A instigação de violência e animosidade contra os opositores e a imprensa por parte de Bolsonaro, e o aumento na circulação de armas, ressalta um risco real de que a história se repita com eventos potencialmente caóticos semelhantes aos da invasão do Capitólio dos EUA em 2021, após a derrota de Trump. O medo da potencial instabilidade democrática e da violência é real. 
 

A situação é urgente. Em 11 de agosto de 2022, a Universidade de Direito de São Paulo, no Brasil, sediou uma manifestação que leu em voz alta um manifesto assinado por mais de 1 milhão de brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito contra os ataques constantes do Presidente Jair Bolsonaro ao sistema de votação.

Em solidariedade com 1 milhão de brasileiros que assinaram o manifesto, nós da Ação pela Democracia convocamos a comunidade internacional a apoiar a democracia brasileira, reafirmando sua confiança nas instituições eleitorais. 


Clique aqui para ver todos os dados, pontuações e informações sobre os aspectos relacionados à liberdade no Brasil.

LOCAL FRONTLINE ORGANIZATIONS WE SUPPORT IN BRAZIL

Action for Democracy helps civic organizations and grassroots initiatives to make meaningful, accelerated and long-term changes in society. Click on each of the local organizations we support to see what they are doing in the fight for democracy.

05_WB_.png
007.jpg

Join us now!

Thanks for subscribing!